Um chilique tipicamente italiano

Fabio Fognini é um dos meus tenistas favoritos do circuito masculino de tênis. Não porque o italiano é bem apessoado (longe disso), mas porque ele é muito talentoso e chiliquento. (hahahahahaha)

Hoje ele perdeu na estreia de Wimbledon e deu show em quadra. Golpes lindos, raquete quebrada e o chilique abaixo, que fez até o seríssimo Pascual Maria, arbitro de cadeira, cair na gargalhada.

A imagem não mostra, mas o Fábio bate o pé como criança pirracenta quando se abaixa pela segunda vez. (MORTA). 

Eu sigo rindo disto!

Acho mais engraçada ainda a cara  de paisagem que o Jurgen Melzer faz como se nada estivesse acontecendo do outro lado da rede. O austríaco disfarça bem e ri demais depois do caso passado (o que não aparece na edição).

Esse chilique foi algo tipicamente italiano. Olho para o Fábio em quadra e penso na minha mãe ou no irmão dela jogando tênis. Meu avô era um típico italiano, pelo que contam – ele faleceu quando minha mãe estava grávida da minha pessoa -, mas a minha mãe e meu tio Antônio, só  nasceram no lugar errado (e com cara de açorianos – parte materna), de resto eles são “Fratelli D’Italia” total.

 

 

Anúncios